Mapeamento de Rede via Diretiva de Grupo (GPO) com Windows Server 2008

Como criar mapeamento de rede via GPO, para os computadores windows da empresa.

Esta precisando que os usuários tenham acesso às pastas que estejam dento de um servidor de arquivos?

Neste artigo trago como realizar o mapeamento da pasta em rede, automatizando o processo. Toda vez que o(s) usuário(s) logar em qualquer computador do domínio a pasta estará lá mapeada e disponível para uso.

Siga as seguintes instruções:

1 – Abra o Gerenciamento de Diretiva de Grupo, navegue até a Unidade Organizacional desejada.

2 – Clique em “Criar um GPO neste domínio e fornecer um link para ele aqui”

3 – Dê um nome para a nova GPO, neste artigo utilizaremos “Mapeamento_de_Rede”

4 – Clique com botão direito, na GPO criada, e clique em “Editar”

5 – Navegue e em “Configuração do Usuário” >> “Preferências” >> “Configurações do Windows” >> “Mapas de Unidades”

5.1 – Clique com botão direito em “Mapas de Unidades” >> “Novo” >> “Unidade Mapeada”

6 – Nesta etapa será realizado as configurações do mapeamento e sua automatização.

Ação: Atualizar (Se tiver a letra mapeada, a mesma será atualizada. Se não, ele cria).
Local: Digite o caminho da pasta compartilhada lá do servidor de arquivos.
Reconectar: Marque esta fleg (aqui contem o segredo da automatização).
Rotular como: digite o nome de exibição da pasta (podendo ser diferente do nome da pasta lá no servidor).
Letra da Unidade: Selecione a letra que desejar, exceto o c: claro.

6.1 – Clique em “Comum” >> “Executar no contexto de segurança do usuário conectado (opção de diretiva do usuário)”.

Agora a sua GPO, basicamente estará pronta!

Caso seja necessário adicionar alguma condição, é possível. Veja as opções avançadas abaixo:

7 – Em “Comum”, marque o box “Direcionamento de nível de item” e clique em “Direcionamento”

7.1 – Clique em “Novo Item” e selecione a condição que desejar. Clique em “OK”

Veja como ficou a GPO criada para realizar o mapeamento de rede

Pronto! GPO esta criada e automatizada.

Vídeo abaixo demonstra na íntegra todo o procedimento descrito acima.

Espero ter ajudado. Deixe seu feedback nos comentários logo abaixo, não esqueça de se inscrever, compartilhe nas redes sociais e fique ligado nas novidades

Abraços.

Publicado por Arthur Nycael

Entusiasta por tecnologia, graduado em Redes de Computadores e Pós-Graduado em Segurança da Informação. Com experiência em ambientes críticos e de alta disponibilidade 24x7x365, tendo atuação direta nas disciplinas de virtualização, armazenamento, backup, servidores Windows e Linux, antivírus e suíte Google. Venho produzindo conteúdos desde 2016, porém agora estou me dedicando a traze-los mais estruturados e de forma bem didática, simples e objetiva aqui no blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: